ComoFazer: Mecânica / HowTo: Mechanics

tetmecanica.jpg

Como dá sempre jeito saber afinar e arranjar as bicicletas e os componentes crio esta página para dar algumas dicas.

As always gives way to get to know and tune the bikes and components I create this page to give some tips.

Em relação a manutenção , aconcelho a:

  • Verifica todos os parafusos (especial atenção a Travões e Mudanças).
  • Verificar as folgas (especial atenção á Caixa de direcção, Cubos e Kranks).
  • Verificar os raios.
  • Lubrificar sempre a corrente.
Antes de cada ride:
  • Verifica pressão dos pneus para o andamento que vais fazer.
Depois de cada ride:
  • Dar banho a bike (cuidado com a pressão exessiva da água em pequenos componentes como desviadores e manetes).
  • Limpar e Lubrificar a transmição (Prato, Guia de Corrente, Corrente, Cassete e Desviador).

For maintenance, my suggestions are:

  • Check all the screws (special attention to brakes and gears).
  • Check the clearances (special attention the headset, hubs and Kranks).
  • Check-rays.
  • Always lubricate the chain.

Before each ride:

  • Checks tire pressure for type of riding are you gonna do.

After each ride:

  • Bathing the bike (careful with the hight pressure water in small components such as derailleurs and levers).
  • Clean and lubricate the Transmission(Plate, Guide Chain, chain, cassette and derailleur).

Quanto a Mecânica :

  • Remendar um furo
  • Afinar o desviador traseiro
  • Montar travões disco
  • Limpar travões disco
  • Folga na caixa de direcção
  • Desempenar rodas/ Apertar raios

Remendar um furo

  1. Primeiro há que desmontar a roda da bicicleta, para isso abrir as maxilas dos travões e depois desapertar o aperto rápido;
  2. Ao retirar a roda ter em atenção no desencaixe do desviador e corrente, caso seja a traseira;
  3. Inserir um desmonta entre a jante e o pneu e encaixe a outra parte num raio, fazer o mesmo cerca de 10cm ao lado com o segundo, pegar no primeiro e já deve ser fácil fazer saltar o resto do pneu;
  4. Depois de retirar a câmara de ar procure o furo, (Caso este não seja de fácil localização por ser muito pequeno, encher a câmara de ar até um diametro superior ao da roda e procurar o furo com a ajuda da água, num recipiente com água as bolhas de ar vão localizar facilmente o furo, procurar bem pois pode haver mais que um);
  5. Com uma lixa que vem sempre com o pacote de remendos e depois da câmara de ar seca, esfregar o furo e à volta de forma a que a zona lixada seja superior ao tamanho do remendo que vai usar;
  6. Usar uma camada uniforme de cola e esperar o tempo que as instruções indicam, normalmente um minuto;
  7. Encher a câmara de ar até um diametro próximo do do pneu, ao retirar a película de alumínio do remendo aplique-o fazendo pressão, depois também retirar a película de plástico, se a colagem não tiver sido bem feita terás dificuldades em retirar só a película;
  8. Antes da colocação da câmara de ar, verificar com os dedos se ficou no pneu o objecto que provocou o puro, para isso apalpar todo o interior do pneu.
  9. Caso tenhas uma câmara de ar velha usa-a para reforço de toda a câmara, corta-a pelo interior e com ela envolve a cheia, a colocação correcta no interior do pneu será mais difícil mas protegê-la-á um pouco mais dos furos
  10. Ao encher,Verificar na recolocação da roda na bicicleta se os travões estão bem colocados em relação à jante e se esta ficou bem centrada.

É claro que o remendo deve ser feito em casa, para isso anda sempre com uma câmara de ar suplente para que a paragem não seja muito demorada.

Afinar o desviador traseiro

Para afinar o ponto morto inferior do desviador:

  1. O sítio em que desviador vai parar no sentido descendente colocamos a corrente no carreto mais pequeno e apertamos o parafuso que regula o batente inferior até que a roldana do desviador fique em linha com o carreto mais pequeno.
  2. Para ver se a afinação está correcta sobe-se uma mudança e torna-se a descê-la.
  3. Atenção: A mudança tem de entrar sem esforço no carreto mais pequeno, se não entrar há que desapertar o parafuso que apertámos previamente e repetir esta acção até que a última mudança entre sem esforço.

Com o ponto morto inferior afinado passamos para o ponto morto superior:

  1. Vamos colocar a corrente no maior carreto.
  2. A roldana do desviador deve estar em linha com o carreto maior.
  3. Atenção: Se ela não chegar ao último carreto há que desapertar o segundo parafuso.
  4. Tendo a corrente no último carreto temos agora que pressionar o manípulo que sobe as mudanças para ver se a corrente passa para lá do último carreto.

Há que afinar o parafuso até que a mudança entre sem esforço e não saia para fora da cassete.

Montar travões disco

  1. Montar as manetes no guiador.
  2. Depois das pinças estarem no sítio prender o tubo nos pontos de fixação no quadro.
  3. Atenção: Prender o tubo de forma a que não faça curvas pronunciadas que prejudiquem o funcionamento dos travões.
  4. A melhor forma de prender o tubo do travão dianteiro é utilizando dois zip-ties, um preso na a baínha da suspensão junto ao ponto de fixação dos V-brakes e um outro no arco de travão.
  5. As pinças dos travões são apertadas nos adaptadores través de dois parafusos no sentido da força de travagem. Teóricamente a torção das pinças é reduzida.
  6. Os adaptadores devem ser apertados directamente no quadro sem usar qualquer tipo de anilhas.
  7. Nos travões os furos que servem para o aperto das pinças nos adaptadores são alongados propositadamente para que as pinças tenham uns milímetros de flutuação ateral. Dessa forma deixam de ser necessárias as anilhas.
  8. Todos os parafusos de aperto têm uma espécie de goma plástica que serve para que eles não desapertem com as vibrações. Quando não têm essa Goma convem usar cola para roscas. Uma pequena gota basta.
  9. Depois de colocar os adaptadores no quadro e suspensão há que colocar as rodas na bicileta para que se possa proceder á afinação das pinças.

Limpar travões disco

  1. Desaperte as pinças do apoio da suspensão com cuidado, para não perder os parafusos, e retire o freio de segurança do parafuso que segura as pastilhas (Sem o freio, o parafuso é desapertado facilmente e pode retirar as pastilhas e a mola de retomo que se encontra entre elas).
  2. Agora começa a fase da limpeza propriamente dita.
  3. Molhe um pano ou um pedaço de papel de cozinha em álcool e limpe as pastilhas até que não saia mais sujidade das mesmas (Durante esta operação convém ir rodando o pano ou trocando o papel para que a limpeza seja mais eficaz)
  4. Quando terminar e as pastilhas estiverem limpas, não se esqueça de limpar a zona interior das pinças onde as pastilhas encostam com álcool até que não saia mais sujidade.
  5. Volte a colocar as pastilhas e a mola no lugar de onde saíram, aperte o parafuso e volte a colocar o freio de segurança.
  6. Depois de apertar as pinças novamente nos apoios é altura de limpar o rotor da roda.
  7. Molhe o pano ou o papel de cozinha com o álcool ou com desengordurante próprio e limpe ambas as superfícies do disco até que toda a gordura e sujidade tenham saído.

Folga na caixa de direcção

Em situações mais complicadas, a única solução é mesmo a substituição dos rolamentos selados. Esta acção implica a desmontagem da frente da bicicleta. A troca dos rolamentos não requer nenhum tipo de ferramenta especial, apenas chaves allen 5/6 mm.

  1. Comece por aliviar a tensão de aperto dos parafusos do avanço do guiador. De seguida retire a tampa e o parafuso colocado no topo do avanço do guiador.
  2. Começe por retirar os componentes pela sua ordem: avanço de guiador, anilhas espaçadoras, tampa da caixa de direcção, anilha de “frenagem”, rolamento ou aranha de esferas no caso de modelos mais antigos.
  3. Elevando o quadro até o tubo da suspensão ficar fora da montagem, tem acesso aos restantes componentes da caixa de direcção, colocados na parte inferior da “testa” do quadro.
  4. O processo de montagem é obviamente o inverso, colocando todos os componentes pela ordem correcta.
  5. Após colocação de todos os componentes, resta efectuar a eliminação da folga da montagem. Essa acção é executada com uma chave allen de 5/6 mm, apertando o parafuso da tampa do avanço do guiador. O aperto não deve ser excessivo, deve ser executado em pequenos ajustes, validando de seguida a suavidade do movimento em direcção e a existência de prisões ou folgas.
  6. Para finalizar, efectue o aperto dos parafusos do avanço do guiador.

Desempenar rodas/ Apertar raios

  1. Manuseie os raios dois a dois de ambos os lados da roda, e verifique se existe uma tensão uniforme em todos eles.
  2. Caso detecte diferenças de tensão, coloce a roda no aparelho de centrar ou no quadro da bicicleta, e proceda ao aperto (sentido contrário aos ponteiros do relógio) do/s raio/s em questão, utilizando a chave respectiva na medida adequada à cabeça do raio.
  3. Não imprima uma tensão excessiva de uma só vez, apenas ajustes de ¼ de volta, verificando de seguida o resultado do ajuste.
  4. Para eliminar os desvios laterais inerentes ao procedimento anterior, movimente a roda livremente para detectar a grandeza do desvio e a sua localização.
  5. Se o aro tendencialmente desviar para a direita, indica que, nesse ponto, os raios da direita estão mais apertados que os da esquerda. Aliviando a tensão dos raios direitos em ajustes de ¼ de volta e apertando na mesma proporção os raios montados à esquerda dessa zona, vai-se eliminando o desalinhamento.
  6. Aviso: Esta tarefa de centrar as rodas é uma tarefa complicada e que requer acima de tudo muita prática. Se não se sente tecnicamente preparado para a executar, a melhor opção é recorrer à sua loja de assistência habitual.

tetspot.jpg

tetmanobras.jpg

Anúncios